sábado, 29 de novembro de 2008

Nem tudo são flores, aliás, bem longe de flores


Atitudes politicamente incorretas, como membros de gangues cortando a garganta de seus rivais e batendo em strippers. Jogadores de futebol tomando esteróides e celebrando vitórias de jogos com prostitutas. Parece que não agradam muito os órgãos politicamente corretos...

O Instituto Nacional de Mídia e Família (INMF) dos EUA divulgou seu 13º relatório anual sobre os videogames, que ajuda os pais a escolherem quais jogos devem permitir que seus filhos comprem.

Nos últimos anos, o INMF pede à indústria de games que desenvolvam produtos menos agressivos e aos varejistas que não deixem games inapropriados ao alcance das crianças.

“Mesmo colocando na embalagem dos jogos a que faixa etária ele é destinado, sabemos que muitos adolescentes passam horas jogando games com conteúdo adulto”, disse o presidente do instituto, David Walsh.

Entre os jogos citados no relatório estão: “Blitz: The League II”, “Gears of War 2”, “Saints Row 2”, “Dead Spaces”, “Fallout 3”, “Far Cry 2”, “Legendary”, “Left 4 Dead”, “Resistance 2” e “Silent Hill: Homecoming.”

Fonte: Euro Games

Um comentário:

Anônimo disse...

I like use viagra, but this no good in my life, so viagra no good.